LIFE participa do workshop Biodiversity Accounting Approaches for Business em Bruxelas

11 abril 2019

Nos dias 26 e 27 de março, o Instituto LIFE participou do workshop técnico Biodiversity Accounting Approaches for Business, em Bruxelas, na Bélgica. Esse foi um evento organizado pelo Centro para Monitoramento da Conservação Ambiental Mundial do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP-WCMC) e pela Plataforma de Negócios e Biodiversidade da União Europeia (B@B Platform), com apoio da Fundação Grupo Boticário.

Esse workshop teve como objetivo fazer uma análise das metodologias que apresentam métricas de biodiversidade para empresas, entre elas a Metodologia LIFE. Outro objetivo do evento foi discutir princípios para um entendimento técnico comum a ser utilizado pelas diferentes metodologias.

A dinâmica consistiu na discussão técnica de quatro temas: Objetivos das metodologias e aplicabilidade aos negócios; Escopo, delimitações e referências; Dados para avaliações de impactos; e, Métricas. Discutiu-se, por exemplo, se fica claro para as empresas qual a aplicabilidade dessas métricas, as diferentes definições utilizadas pelas metodologias e as implicações nos processos de tomada de decisão. Debateu-se também sobre os dados requisitados às empresas e a influência deste trabalho na aceitação empresarial.

Os grupos de trabalho trataram de questões chaves cujas respostas podem orientar as empresas para que elas, de fato, integrem a biodiversidade nos negócios. Por exemplo: por que a biodiversidade é importante para seus negócios? Quais impactos sua organização tem na biodiversidade? Quais dependências ela possui da biodiversidade? Como ela pode medir esses impactos e dependências? Quais estratégias ela deve desenvolver para gerenciar os impactos e dependências que possui? Como elas podem melhorar as decisões tomadas em relação à biodiversidade? Como ela pode divulgar seu desempenho em relação à biodiversidade?

Devido à natureza técnica do evento, em torno de 40 pessoas experts no assunto, representantes de 35 instituições, enriqueceram as discussões. Como representantes do Instituto LIFE estiveram presentes Maria Alice Alexandre, Regiane Borsato e Fernanda Toledo.

Os trabalhos dessa iniciativa para definir os princípios técnicos comuns a serem considerados pelas diferentes metodologias foram iniciados e o LIFE continuará contribuindo com sua experiência nas discussões. As conversas seguem virtualmente até o próximo encontro, previsto para acontecer aqui no Brasil, em outubro deste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *