Certificação LIFE reconhece esforços da Itaipu na conservação da biodiversidade

7 April 2015

Reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) por desenvolver a melhor política de gestão de recursos hídricos no planeta, a Itaipu Binacional recebeu nesta terça-feira (dia 7 de abril), em Foz do Iguaçu, a Certificação LIFE, que avalia a eficiência do sistema de gestão ambiental.

A cerimônia ocorreu no Auditório Integração de Itaipu, a partir das 8h30, durante o ciclo Diálogos Sustentáveis, e teve a participação do diretor-geral brasileiro de Itaipu, Jorge Samek, do diretor de Coordenação e Meio Ambiente, Nelton Friedrich, e do vice-presidente do Conselho Diretor do Instituto LIFE, Clovis Borges.

A Certificação LIFE é uma ferramenta inovadora e robusta com uma metodologia universal de cálculo quantitativo que é capaz de medir, avaliar e comparar, em números, diferentes organizações e setores em relação ao seu impacto ambiental. A Metodologia também inova ao estabelecer um desempenho mínimo em conservação da biodiversidade que é calculado em proporção ao impacto de cada organização. Finalmente, a organização deve provar quantitativamente os seus resultados de conservação da biodiversidade. Nesse sentido, a Iniciativa LIFE promove uma mudança para integrar a conservação do capital natural em todas as práticas de negócios.

“Trata-se da busca conceitual pelo impacto zero ao se analisar inúmeras variáveis, combinada com a compensação voluntária de impactos não evitáveis” afirma o presidente do Conselho Diretor do Instituto LIFE, Miguel Milano.

O Instituto LIFE – órgão normalizador – estabelece todas as regras, com sólidos e reconhecidos fundamentos científicos, e acredita organismos certificadores para a condução de auditorias independentes. Dessa forma, a entrega de terça-feira foi uma cerimonia simbólica.

As ações de Itaipu

Entre as principais ações de Itaipu na área ambiental, avaliadas na certificação, destacam-se a conservação de cerca de 105 mil hectares de florestas; a implantação do programa Cultivando Água Boa (que, desde 2003 já promoveu a recuperação de passivos ambientais em 206 microbacias hidrográficas da região Oeste do Paraná); a criação do Canal da Piracema (que permite a migração de peixes no Rio Paraná); a implantação do Corredor da Biodiversidade Santa Maria (conectando o Parque Nacional do Iguaçu à faixa de proteção do reservatório, ao sul, e ao Parque Nacional da Ilha Grande, ao norte); além de projetos de reprodução de espécies da fauna típicas da Mata Atlântica e que se encontram ameaçadas, como a harpia.

Muitas dessas iniciativas se tornaram referência para novos projetos hidrelétricos e grandes obras de infraestrutura em todo o mundo. “Atravessamos a maior crise que a humanidade já enfrentou. Uma crise que se manifesta nas mudanças climáticas, na ameaça aos ecossistemas, na diminuição da biodiversidade, na poluição da água, do ar e do solo, no esgotamento de recursos naturais, entre outros. Enfrentar essa crise é responsabilidade de todos (governos, empresas, cidadãos). E a Itaipu tomou para si o papel de empresa-cidadã, buscando promover a sustentabilidade em sua área de influência”, afirma Friedrich.

A Certificação LIFE se soma a uma série de reconhecimentos nacionais e internacionais de Itaipu por suas ações na área ambiental. No último dia 30 de março, em Nova York, o programa Cultivando Água Boa recebeu o prêmio Água para a Vida 2015, na categoria “Melhores práticas em gestão da água”, concedido pela ONU. A empresa também recebeu o Prêmio Carta da Terra, em 2005, o Americas Award, em 2011, e o Benchmarking Ambiental da Década, em 2012.

Além disso, o Cultivando Água Boa é considerado pela Unesco como referência mundial na gestão de bacias hidrográficas. No último mês de janeiro, a empresa foi agraciada com o prêmio Cumbres de Guadarrama, da Comunidade de Madri, pelo “comportamento empresarial exemplar” no âmbito da conservação do meio ambiente.

O Instituto LIFE

Fundado em 2009, em Curitiba, o Instituto LIFE tem como objetivo promover um maior engajamento de empresas públicas e privadas com a conservação da biodiversidade. Reconhecido pela Convenção das Nações Unidas sobre Diversidade Biológica (CDB), o Instituto LIFE é responsável pelo desenvolvimento e gestão da Certificação LIFE, ferramenta internacional e inovadora.

Sobre a Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14.000 MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,2 bilhões de MWh. A hidrelétrica é responsável pelo abastecimento de cerca de 17% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 75% do Paraguai. Desde 2003, Itaipu tem como missão empresarial “gerar energia elétrica de qualidade, com responsabilidade social e ambiental, impulsionando o desenvolvimento econômico, turístico e tecnológico, sustentável, no Brasil e no Paraguai”. A empresa tem ainda como visão de futuro chegar a 2020 como “a geradora de energia limpa e renovável com o melhor desempenho operativo e as melhores práticas de sustentabilidade do mundo, impulsionando o desenvolvimento sustentável e a integração regional”.

Acesse aqui o Release

noticia-itaipu-05

noticia-itaipu-01

noticia-itaipu-02

noticia-itaipu-07

noticia-itaipu-06

noticia-itaipu-03

noticia-itaipu-04
Awarded by United Nations Programme Water for Life 2015 for developing the best management practice through the project “Cultivating Good Water”, Itaipu Binacional organized a symbolic ceremony on April 07th, in Foz do Iguaçu, to receive LIFE Certification.

The ceremony took place on Itaipu Auditorium during the event “Sustainable Dialogues” with the presence of Jorge Samek – Brazilian General Director of Itaipu, Nelton Friedrich – Director of Coordination and Environment, and Clovis Borges – Vice-President of LIFE Institute Board of Directors.

LIFE is considered an innovative and robust tool and it is a unique quantitative and universal calculation methodology that is able to measure; evaluate; monitor and compare in numbers, different organizations and sectors in relation to their environmental impact. It is also innovative as its methodology establishes a minimum biodiversity conservation performance that shall be calculated in proportion to each organization impact. Finally, the organization shall quantitatively prove its voluntary biodiversity conservation results each year. In this sense, LIFE initiative promotes a mindset change to mainstream natural capital conservation in all business practices.

“It is a conceptual search for zero impact when analyzing several variables combined with voluntary compensation of unavoidable impacts,” says Miguel Milano – president of LIFE Institute Board of Directors.

LIFE Institute is responsible for the management and development of LIFE Certification system which is based on solid and renowned scientific criteria. It is a third-party certification scheme with independent auditors accredited by LIFE Institute.

Itaipu Biodiversity Conservation Actions

Among Itaipu’s most important environmental actions evaluated through LIFE Methodology, it is possible to highlight:

  • Preservation of 105 thousand hectares of Forest;
  • Establishment of Cultivating Good Water Project;
  • Implementation and operation of Piracema Canal for fish migration of the Parana River;
  • Implementation of Santa Maria Wildlife Corridor;
  • Projects for the reproduction of Atlantic Forest endemic species.

Many of these actions became reference for new hydroelectric projects and major infrastructure projects worldwide. “Humanity faces a huge crisis. A crisis that is translated into climate change, threatens to ecosystems, biodiversity loss, water, air and soil pollution, depletion of natural resources, among others. It is a common responsibility (governments, businesses and citizens) to tackle all this. And, Itaipu assumed the role of a citizen-company by searching the promotion of sustainability in its influence area”, says Mr. Friedrich.

LIFE Certification is alongside others national and international awards that Itaipu was given for its environmental actions. On March 30th the program Cultivating Good Water received the award United Nations Water for Life 2015 in the category Best Management Practice. The Cultivating Good Water was also considered by Unesco as a world reference for the management of the river basins. Itaipu was also recognized by the following awards: Earth Chapter (2005), Americas Award (2011) and the Decade Environmental Benchmarking (2012). Finally, Itaipu received the award “Cumbres de Guadarrama 2015” from Madrid Community for its “exemplary business behavior” in the field of environmental conservation.

noticia-itaipu-05

noticia-itaipu-01

noticia-itaipu-02

noticia-itaipu-07

noticia-itaipu-06

noticia-itaipu-03

noticia-itaipu-04